Indústria 4.0 aplicada em diversos setores

A indústria 4.0 possui como principal inovação a inclusão de novas tecnologias aplicadas em todas as fases do produto. Algumas dessas tecnologias já são amplamente usadas e difundidas, como por exemplo: Big Data, Cloud Computing, Inteligência Artificial, Internet das Coisas, entre outras.

Os principais benefícios da adoção da Indústria 4.0 são: melhoria de produtividade, prevenção de quebra de equipamentos, controle de resultados e até uma melhor elaboração do produto ou serviço oferecido. Assim, o seu cliente também pode ser beneficiado.

 

Indústria 4.0 na prática

A implementação da Indústria 4.0 pode ser feita nos mais variados setores, já que as tecnologias são adaptáveis para atender diferentes demandas. Por exemplo, já é possível observar os avanços da Indústria 4.0 na área da saúde, em cozinhas inteligentes e até na agricultura.

Na área da saúde, a digitalização dos dados e integração das informações com as clínicas médicas pode melhorar a experiência dos pacientes e aumentar a eficiência dos cuidados médicos, diminuindo a incidência de erros.

 

Um exemplo dessas melhorias aconteceu em 2018, em um estudo de caso publicado pela Annals of Emergency Medicine. Segundo a publicação, um homem de 42 anos foi até um hospital com sintomas de arritmia. Os dados coletados pelo dispositivo wearable do paciente identificou rapidamente as taxas de batimento, o que possibilitou um tratamento imediato por parte dos profissionais.

 

As cozinhas inteligentes também mostram a evolução da Indústria 4.0, combinando equipamentos que podem aumentar a produtividade em até 30% e reduzir os custos de energia em até 40%. Os novos equipamentos oferecem preparo rápido e espaço para cozinhar em grandes quantidades. Com um forno inteligente, é possível assar 200 frangos em apenas 20 minutos, enquanto antes o normal era praticamente o dobro deste tempo. Bifes podem ser preparados em até 3 minutos e ovos fritos em 1 minuto e meio.

 

As máquinas inteligentes também já chegaram na agricultura e isso está melhorando muito a produtividade e promovendo a diminuição de desperdício durante as colheitas. O profissional responsável pode ser avisado pelo software quando uma máquina já passou por um determinado local, por exemplo, evitando o replantio e perda de sementes. Além disso, é possível analisar o desempenho da máquina para que eventuais manutenções sejam previstas e realizadas no tempo certo.

 

Com todos esses exemplos, é possível notar que a Indústria 4.0 chega para revolucionar os mais variados setores, com o objetivo de ser mais precisa, aumentar a produtividade e reduzir custos.  

 [:]